Empresário sofre de mecanofilia: está apaixonado e sente atração sexual pelo próprio carro.



O empresário Darius Monty, de Surrey, no Reino Unido, afirma que não ama nada mais no mundo do que a Goldie. Elogia-lhe as curvas perfeitas e diz que nunca esteve com ninguém "de tal beleza". O homem, de 35 anos, chega mesmo a afirmar que "o sexo nunca foi melhor" e o objeto da sua paixão tem menos de metade da idade de Darius. E é caso para dizer mesmo ‘objeto’, porque Darius está apaixonado pelo próprio carro: um Jaguar X-Type dourado (‘gold’, em inglês, daí o nome Goldie).

Darius, que atualmente está solteiro (pelo menos quanto a mulheres de carne e osso), sofre de uma condição conhecida por mecanofilia, a atração sexual por máquinas, neste caso, pelo carro.


"Não espero que as pessoas percebam, porque até eu tenho dificuldade em perceber. Eu não escolhi apaixonar-me por ela [o carro], tal como os outro homens não escolhem por quem se apaixonam", defende o inglês, que é dono de alguns bares. Darius apaixonou-se pelo carro Jaguar depois de o ter visto num salão automóvel há dois anos. Comprou-o imediatamente, caso para dizer que foi amor à primeira vista. Achei-a excitante. A cor dela é única e assim que paguei só quis montar-me nela e ir poli-la", relata Darius.

"Antes de Comprar a Goldie, tinha uma ralação amorosa com uma mulher. Sempre gostei de carros, mas se alguém me dissesse naquela altura que era possível sentir amor por alguma coisa que não é humana, eu ria-me, tal como as pessoas se riem de mim", relata ao Mirror.


O homem percebeu que se excitava quando tocava e lavava o carro. Progressivamente, começou a deixar a namorada na cama e a ir para a garagem. Lá, fazia sexo com o motor do carro (Darius não descreve os pormenores da relação). "Sentia-me confuso e envergonhado. Mas o sexo com a Goldie era melhor do que com a minha namorada. Depois pesquisei na Internet e percebi que havia mais pessoas a passar pelo mesmo, apaixonadas por carros, motas, bicicletas, aviões,...", conta Darius.

Fonte: CM
Foto: Mirror Pix

Comentar:

0 comments: