O Mindelense acabou, ontem, com os treinos da equipa devido à indecisão da Federação Cabo-verdiana de Futebol sobre a continuidade do Campeonato Nacional. Pelo menos é este o argumento a que recorre Daniel Jesus, presidente do clube, justificar esta tomada de posição. 

Conforme avança o Mindelinsite, Daniel Jesus explica que a época futebolística termina oficialmente a 31 de julho e o clube não pode assumir mais encargos financeiros com os atletas, sem saber que medidas vai tomar a FCF e em que altura.



“A federação vai protelando este caso, mas nós não podemos ficar eternamente à espera de uma decisão porque, continuar a treinar nessas condições, acarreta os seus custos, além do desgasto físico desnecessário dos atletas. Não podemos pagar ordenados do mês de agosto sem quaisquer perspetivas” afirma o presidente do Clube Sportivo Mindelense, citado pela mesma fonte.

O presidente não refere se  tem alguma indicação do desfecho do recurso interposto ao Conselho de Justiça, mas salienta que já tem uma “ideia” do que vêm por aí, estando o clube preparado para reagir.


No que diz respeito à posição do Futebol Clube Ultramarina, que considera que o Mindelense não tinha legitimidade para recorrer da decisão do Conselho de Disciplina, Daniel Jesus referiu ao mesmo online respeitar essa posição, embora discorde da mesma.

Foto: Mindelinsite

Comentar:

0 comments: