A primeira morte causada por um vírus raro transmitido por gato foi registada no ano passado, no Japão, conforme anunciou, hoje, os responsáveis da saúde deste país asiático. A vítima, uma mulher, foi contagiada com o vírus da Síndrome de Febre Severa com Trombocitopenia, após ter sido mordida por um gato.

O vírus SFTSV foi identificado na China em 2010 e de acordo com o Ministério da Saúde japonês, os primeiros casos de contágio foram registados no Japão em 2013.

Até á data, os únicos casos que tinham sido registados em humanos, a sua maioria em zonas rurais da china, tinham sido causados por picadas de carraças, o levou os especialistas a acreditar que esta seria a única forma do vírus ser transmitido. 

Contudo, a única vítima mortal até então, de cerca de 50 anos, foi mordida por um gato que resgatara na rua e levava para um veterinário , não apresentando quaisquer sinais de picadas de parasitas.

A mulher morreria dez dias após a mordida, com febre alta e outros sintomas graves, sem tratamento, segundo o Ministério da Saúde japonês.

Comentar:

0 comments: