Numa primeira reacção da oposição ao anúncio do triunfo do MPLA, a oposição reagiu em uníssono aconselhando cautelas, porque não existem ainda resultados oficiais divulgados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE).


O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, disse ao Novo Jornal que "o MPLA está desesperado porque todos os sinais indicam para a sua derrota".



"A Comissão Nacional Eleitoral ainda não divulgou os resultados, como é que o partido que sustenta o Governo diz que já é vencedor?", questionou o porta-voz do principal partido na oposição em Angola, salientando que a sua formação política está a fazer a contagem paralela dos votos que aponta para uma realidade diferente daquela já afirmada pelo MPLA.

O vice-presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, explicou que o MPLA está "muito preocupado", com os resultados dessas eleições, visto que "os angolanos votaram pela mudança".


"Os angolanos desta vez compareceram em massa, para mudar o futuro do país e é, no mínimo, prematuro o MPLA cantar a vitória", frisou, lembrando que também a CASA-CE está a receber os dados dos seus delegados e a fazer uma contagem paralela, que, para já, contraria as informações veiculadas pelo partido no poder.



Para o presidente da FNLA, Lucas Ngonda, "enquanto a CNE não divulgar os resultados não há vencedor". Vamos esperar que CNE diga algo, porque por enquanto é cedo para falar em Vitoria".

O presidente da Aliança Nacional Democrática, Quintino de Moreira, reitera as declarações do seu colega da FNLA, Lucas Ngonda. "Ainda é cedo para falar de resultados. Nós próximos dias a CNE dará o veredicto final", resumiu.



Manuel Fernandes contou, que a CASA-CE também está a fazer a contagem paralela dos votos. "Todas as manobras serão descobertas desta vez. Estamos atentos", avisou.
´
Fonte: Voz de Angola

Comentar:

0 comments: