O avançado do Manchester United Romelu Lukaku tem justificado cada cêntimo dos milhões que custou. O belga já marcou sete golos em tantos jogos e está a fazer um grande arranque de temporada.

O jogador tornou-se num ídolo dos adeptos, que resolveram dedicá-lo uma música. No entanto, a mesma está a gerar controvérsia e já há organizações que defendem que a letra da música tem “teor racista”.



As queixas surgiram porque a música, para além de destacar a enorme veia goleadora de Lukaku, faz também alusão ao tamanho do pénis do avançado. A frase da polémica é qualquer coisa como "He’s got a 24inch pénis - ele tem um pénis de 61 centímetros", como é audível num dos vídeos partilhados nas redes sociais, após a vitória por 3-0 diante do Basileia para a Liga dos Campeões. 

Segundo o porta-voz do grupo anti-racismo Kick It out "os estereótipos racistas não são aceitáveis, mesmo que tenham a intenção de mostrar apoio a um jogador. O dirigente referiu que já contactaram o Manchester United em relação ao sucedido e que  estão trabalhar em colaboração com o clube e a Associação de Futebol para garantir que a situação seja resolvida rapidamente.



Quanto ao Manchester United está a averiguar se a música tem ou não conteúdo racista, garantiram em comunicado .


Foto: Twitter

Comentar:

0 comments: