O Mundial de futebol de 2018 na Rússia continua a ser alvo das ameaças do Estado Islâmico, que volta a usar a imagem de alguns dos melhores futebolistas do globo, adianta o AS.


© Ataque Futbolero/Twitter

Neste caso, Messi e Neymar. Na mais recente ameaça, a organização terrorista lançou uma imagem na qual aparece um dos terroristas a segurar o prisioneiro Neymar. Já Messi jaz no chão decapitado.

“Não desfrutarás de segurança até que a tenhamos nos países muçulmanos” é a ameaça que acompanha a imagem.

É a segunda vez no espaço de uma semana que o Daesh utiliza a imagem de Leo Messi numa das suas ameaças. O seleccionador francês, Didier Deschamps, também é um dos visados na recente propaganda terrorista.



O Mundial 2018 vai decorrer entre 14 de junho e 15 de julho.

Fonte: Noticas ao minuto

Comentar:

0 comments: