Várias jovens, entre elas pré-adolescentes de 12 anos, das cidades do Porto Novo e Ribeira Grande (Santo Antão) estão a ser vítimas de distribuição não consensual de suas imagens em poses explícitas no Facebook. 


Pixaby

São mais de trezentas fotografias que as próprias prejudicadas teriam enviado para um chat de grupo onde brincavam “verdade ou consequência”

Uma vez mais, ao que tudo indica, tudo começou num chat de grupo entre amigos no Messenger (bate-papo do Facebook). O grupo, segundo nossas fontes, foi criado para que os seus integrantes participassem do jogo Verdade e Consequência, muito popular entre os adolescentes, mas também jogado por adultos. Entretanto, no meio de conversas picantes sobre posições, desejos e fantasias sexuais, várias meninas foram desafiadas a enviarem imagens de suas partes íntimas. Estas, confiantes nos integrantes dos grupos, fizeram-no, julgando que tudo não passaria disso mesmo.

Entretanto, as imagens foram parar a uma página da rede social Facebook, para que todo o mundo visse. Nossas fontes fazem ainda saber que são mais de 300 fotos de meninas do Porto Novo e da Ribeira Grande. “Também há vídeos de sexo explícito, de danças sensuais e das jovens tomando banho”, completa uma fonte, dando conta que entre as vítimas estão menores de cerca de 12 anos e até mulheres casadas. O caso foi despoletado no início desta semana e está a agitar as gentes da ilha das montanhas.



Nossos informantes referem ainda que já se tinham registado casos de imagens íntimas espalhadas na rede na Ribeira Grande e no Porto Novo, mas nunca nesta dimensão. “O mal-estar é grande”, sublinha, “entre as jovens há estudantes de várias escolas secundárias de Santo Antão”.

Fonte: A Nação

Comentar:

0 comments: