Medida foi anunciada esta manhã pelo Primeiro-ministro durante uma visita ao Centro Educativo Miraflores, na Praia. Manuais vão ser reimpressos.



Depois de o Ministério da Educação ter anunciado que as correcções dos livros de matemática do ensino básico iam ser feitas através de erratas e autocolantes eis que surge o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, a anunciar que os manuais vão ser reimpressos e posteriormente trocados pelos actuais.

"O governo já tomou a iniciativa de fazer a reimpressão tendo em conta que os erros já estão corrigidos", anunciou Ulisses Correia e Silva durante a visita que fez ao Centro Educativo Miraflores, na cidade da Praia.

“Novos manuais vão ser disponibilizados para substituir” os actuais, sem que isso acarrete “encargos para aqueles que já adquiriram os manuais”, acrescentou Ulisses Correia e Silva.
A troca dos livros “será feita nos próximos meses, é uma questão de lançar o concurso”, acrescentou o Primeiro-ministro.



Recusando a ideia de que alguma vez “tenha justificado os erros com erros anteriores”, o Primeiro-ministro destacou que “é fundamental que o projecto do novo programa educativo continue e esta alteração no sistema de ensino e aprendizagem de matemática é para tornar a disciplina mais apelativa, mais fácil e mais eficaz”.

Ulisses Correia e Silva negou igualmente que haja qualquer contradição entre o seu anuncio e as declarações de Maritza Rosabal, a ministra da Educação, que negou que os manuais fossem retirados. “Nós dissemos sempre que íamos fazer as correcções. Reeditar e reimprimir é corrigir”, disse  o Primeiro-ministro que anunciou igualmente que esse processo de reedição e reimpressão “será feito em Cabo Verde” e que serão lançados concursos para que as gráficas nacionais possam concorrer.

Fonte: Expresso das Ilhas

Comentar:

0 comments: