Indivíduos burlaram as vítimas em cerca de 4 milhões e 500 mil escudos.


Três indivíduos suspeitos de pertencerem a  uma rede de burla de sementes vão aguardar o julgamento em prisão preventiva, por ordem do Tribunal da Comarca de São Vicente.


Conforme avança a Policia Judiciária, os três indivíduos, com idades entre os 20 e 40 anos, foram apanhados em flagrante delito, em Monte Sossego, quando se preparavam para burlar mais uma vítima em 150 mil escudos, no dia 3 de outubro. Segundo a mesma fonte, no mesmo dia os criminosos terão ainda burlado outro cidadão em 300 mil escudos.



Sob o grupo recai as suspeitas de ter praticado mais 32 crimes de burla das sementes, em São Vicente, tendo as vítimas sido burladas em cerca de 4 milhões e 500 mil escudos.

Segundo a PJ, o grupo, com dois cabo-verdianos e um cidadão da Guiné Conacri, ainda é suspeito de praticar este crime nas ilhas do Sal e de Santiago.


C/ A Nação


Comentar:

0 comments: