Dois jogadores do Portimonense terão ficado maltratados durante um particular com a seleção de Cabo Verde,  disputado na manhã deste sábado, à porta fechada, e acabaram mesmo por ser encaminhados para o hospital, conforme deu conta o clube algarvio num comunicado. 

Ainda de acordo com o departamento médico do Portimonense, Paulino e Ewerton tiveram posteriormente por ter alta hospitalar.



Leia o comunicado na integra:

"Paulinho, jogador que esteve em destaque no particular com a seleção de Cabo Verde, realizado este sábado no Portimão Estádio, sofreu diversas faltas, entre elas a que originou a grande penalidade a favor do Portimonense, tendo Pires falhado a concretização. Paulinho, ainda um pouco combalido da falta anterior, sofreu, 11 minutos depois, uma entrada mais forte que lhe causou um traumatismo torácico, sendo retirado de campo e substituído. Foi transportado para o Hospital Grupo HPA Saúde de Alvor de ambulância tendo realizado exames complementares de diagnóstico e medicação sintomático, recebendo alta posteriormente. Neste momento encontra-se em recuperação seguindo-se esta semana a realização de mais exames.

Por seu lado o jogador Ewerton, teve um traumatismo craneoencefálico sem perda de conhecimento na sequência dum choque com um adversário. Foi substituído e transportado para o Hospital Grupo HPA Saúde de Alvor onde realizou exames complementares de diagnóstico, tendo tido alta".

Comentar:

0 comments: