Uma rapariga que foi escrava sexual durante seis anos teve quatro filhos do violador. O homem manteve a jovem prisioneira num pequeno quarto sem luz natural, em Pushkino, Moscovo, na Rússia. 

East2West

Segundo a imprensa local, Lilia, de 20 anos, deu à luz os quatro filhos dentro do cubículo onde foi mantida em cativeiro. A jovem ficava trancada todos os dias e nunca saía à rua. No início da semana, a vítima conseguiu ligar para a polícia e participar a sua situação. As autoridades arrombaram o quarto e descobriram Lilia e os filhos lá dentro. 

Ocasionalmente, o homem levava as crianças à rua, mas mantinha sempre a rapariga fechada no apartamento. "A minha filha mais nova só esteve na rua uma vez na vida", contou a jovem. 



A vítima era agredida constantemente, tanto com paus, tacos ou varas, como à chapada e ao murro. "Uma vez, ele partiu o pau quando me estava a bater, e a criança viu", afirmou Lilia. "Ele disse para o nosso filho 'quando cresceres continua a bater-lhe como eu faço, bate-lhe com força, ela é muito má'", acrescentou. 

Atualmente, Lilia está a viver com os filhos num abrigo para mulheres. As crianças têm problemas de desenvolvimento e não conseguem falar corretamente, por terem passado a maior parte da vida isoladas do mundo. 

A jovem contou que o homem disse que a deixava sair do apartamento se os seus pais pagassem cerca de dois milhões de euros. "Todo o mal que estava dentro dele foi refletido em mim", rematou a vítima. 

As autoridades confirmaram que estão a investigar o homem.

Fonte: cm.pt

Comentar:

0 comments: