Seguindo a lógica do senso comum, na hora da f*da, a mulher geme porque está prestes a atingir o orgasmo. Se não é assim, é pelo menos desta forma que este momento é retratado nos filmes de Hollywood. Respiração ofegante, palavras de incentivo e até gritos que indiciam muito prazer. Ora, um estudo inglês publicado no Archives of Sexual Behavior, diz-nos a história não é bem assim. Segundo esta investigação, o gemido da mulher é apenas um recurso para controlar a ejaculação do parceiro.

Para se fazer a investigação, os pesquisadores recorreram a 71 mulheres sexualmente ativas, com idades compreendidas entre 18 e 48 anos, e que afirmaram já terem tido orgasmo pelo menos uma vez na vida. Pouco não?! Todas elas tiveram que responder a um questionário sobre as suas experiências relativamente ao orgasmo e sobre os sons que emitiam durante o sexo - saiba que valeu tudo: gemidos, sussurros, palavras e frases ditas na hora do s3xo.



Os dois investigadores, Gayle Brewer e Colin A. Hendrie, constataram que é mais comum as mulheres atingirem o orgasmo com a masturbação, caricias e sexo oral. No entanto, não é na fase das preliminares que elas mais gemem, mas sim durante a penetração. 

Oitenta porcento das “cobaias” reconhecem gemer durante o ato sexual mesmo quando sabem que não estão próximas de atingir o orgasmo. Com isto, os pesquisadores chegaram à conclusão de que os gemidos e sussurros seriam usados para manipular o comportamento do homem e levá-lo a ejacular mais depressa. Estejam elas satisfeitas ou não, 66% das inquiridas afirmam que usam conscientemente os gemidos para apressar o parceiro – entre as possíveis explicações estão a falta de paciência, de tempo, incómodo e vários outros motivos comuns. 

Para além disso, 92% das mulheres afirmaram que a autoestima do homem fica fortalecida quando elas gemem na cama, e 87% reconheceram que esses truques tem por finalidade deixar o homem mais seguro na hora da f*da. Razões para isso? Agradando plenamente  o parceiro, elas estariam mais seguras na relação. 



Mas há uma esperança para os homens. Pelos vistos isso não acontece só em humanos, se é que isso serve para alguma coisa. Os pesquisadores também encontraram comportamentos semelhantes nos macacos: nestes animais, a ejaculação está também relacionada com a intensidade e velocidade dos sons que as macacas emitem quando eles se relacionam. 

Moral da história: tanto no mundo animal como entre os humanos, quando a fêmea geme, quem chega ao orgasmo é o macho.


Comentar:

1 comments:

  1. Na maioria dos casos sim, mas nem sempre. Esse truque é muito antigo, e as vezes é benéfico para elas.

    ResponderEliminar