O advogado de Donald Trump, o atual Presidente dos EUA, terá pagado 130 mil dólares (cerca de 106 mil euros) para silenciar uma antiga atriz porno, que terá tido um encontro sexual com o magnata norte-americano.  

Segundo avança o Daily Mail, que cita uma amiga da atriz, Trump e Stephanie Clifford, conhecida na indústria como Stormy Daniels, conheceram-se num torneio de golfe para celebridades em 2006 e terá sido aí que se envolveram. O encontro aconteceu um ano depois de Trump se ter casado com Melania e numa altura em que a terceira mulher do empresário teria acabado de dar à luz. 

A amiga da atriz, Alana Evans, que também é estrela porno, já confirmou o caso, garantindo que também estava no evento e foi convidada a participar na festa. Acabou por não o fazer, apesar de ter sido chamada de forma insistente pela amiga. Numa das inúmeras chamadas que recebeu nessa noite, assegura ter ouvido a voz de Donald Trump a tentar convencê-la. "Anda lá, Alana. Vamos divertir-nos. Estamos à tua espera", terá dito o atual Presidente dos EUA. 



Decidiu não ir porque, confessa, "homens como ele" a assustam. "Têm demasiado poder... Por isso rejeitei a ideia e desliguei o telemóvel", admite.  

Na manhã seguinte, a amiga Stormy Daniels contou-lhe todos os pormenores do encontro.  

Segundo Evans, Trump terá perseguido Daniels pelo quarto apenas de boxers. Depois daquela noite, a amiga disse ter recebido chaves de acesso ao condomínio fechado de Trump na Flórida e as duas nunca mais falaram sobre aquele episódio. 

Uma foto comprova que os dois estiveram no evento no mesmo dia, posando para a imagem em conjunto.  

Mesmo assim, o advogado de Trump já negou categoricamente o encontro, garantindo que não houve qualquer ato sexual entre a estrela porno e Trump. "Estes rumores têm circulado diversas vezes desde 2011", relembrou o advogado, à CNN. 

Fonte: CM


Comentar:

0 comments: