Os hospitais Baptista de Sousa e Agostinho Neto estabeleceram hoje protocolos de cooperação com o Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) e o Instituto Ricardo Jorge, de Portugal, para melhorar a prestação de cuidados de saúde em Cabo Verde.

A assinatura dos protocolos ocorreu na tarde de hoje no Hospital Baptista de Sousa (HBS), no Mindelo, sendo que os documentos foram rubricados pela directora clinica do HBS, Jamira Sousa, e pelo presidente do conselho de administração do CHLN, Carlos Martins, no âmbito da visita de quatro dias que o ministro da Saúde de Portugal, Adalberto Fernandes, efectua a Cabo Verde a convite do seu homólogo Arlindo Rosário.

Os protocolos visam basicamente estabelecer parcerias para a investigação científica, promover a telemedicina e melhorar a prestação de cuidados aos doentes.

Os dois governantes realçaram a excelência da cooperação entre Cabo Verde e Portugal e os ganhos significativos que a Saúde registou nos 42 anos de independência do arquipélago, sendo que Arlindo do Rosário falou mesmo em “ganhos espectaculares”, não obstante a necessidade de “universalizar os cuidados de saúde” e de corrigir assimetrias.



O governante cabo-verdiano indicou que com o avanço da telemedicina as juntas médicas de Cabo Verde terão instrumento importante para discutir com seus colegas de Portugal.

Adalberto Fernandes referiu que os protocolos irão permitir “passos mais intensos” para o reforço da cooperação entre Cabo Verde e Portugal com vista a um sistema de saúde que sirva a quem dele precisa.

Os protocolos hoje assinados têm uma vigência de três anos, de 2018 a 2020.

O ministro Adalberto Fernandes iniciou a visita por São Vicente, devendo hoje mesmo chegar à Cidade da Praia, onde testemunhará a assinatura de protocolos entre o Instituto de Saúde Ricardo Jorge e o Instituto Nacional de Previdência Social, além de acompanhar o início do congresso médico cabo-verdiano, a decorrer de 17 a 19 deste mês, e de visitar o Hospital Agostinho Neto e a região sanitária de Santiago Norte.

Por: Inforpress

Comentar:

0 comments: