A relação entre mãe e filho foi sempre conturbada, com insultos e empurrões incluídos. Até que há uma semana os problemas familiares se agudizaram. O jovem, de 20 anos, que frequentava um curso profissional, não queria acordar cedo e ir às aulas e iniciou uma violenta discussão com a mãe. 

Foi buscar uma navalha e fez logo um primeiro golpe no pescoço da vítima, que ao tentar defender-se acabou por ser atingida mais cinco vezes nos braços. A APAV alertou a Polícia Judiciária de Setúbal. 

Os investigadores formalizaram a detenção do agressor na quinta-feira ao final da tarde e apresentaram-no ontem a um juiz - fica obrigado a afastar-se da mãe e a submeter-se a tratamento médico. 



A vítima, de 45 anos, comerciante na zona de Grândola, teve mesmo de receber assistência médica. 

Há muito que o jovem agressor era violento com a mãe, que aguentou sempre a situação em silêncio até ser forçada a sair de casa. (Fonte: CM)


Comentar:

0 comments: