As revelações sobre a detenção do futebolista luso cabo-verdiano Rúben Semedo prosseguem e, nesta quarta-feira, o jornal “Las Provincias” garante que a polícia encontrou a pistola usada na agressão e uma discoteca na cave da habitação do jogador.

"A arma de fogo incrimina o futebolista nos factos investigados e em outros dois episódios violentos que protagonizou com o primo, alegadamente, nos últimos meses em locais de diversão na cidade de Valência", escreve a publicação, citada pelo jornal O Jogo.

O jovem atleta de 21 anos que se transferiu no inicio desta época para o Villareal continua detido e vai ser ouvido por um juiz esta quarta ou quinta-feira, após ter sido detido por supostos delitos de agressão e sequestro de uma pessoa.



Conforme disse à agência Lusa fonte da Guardia Civil espanhola, o luso cabo-verdiano "foi detido esta madrugada e será posto à disposição de um juiz amanhã (quarta-feira) ou depois (quinta-feira)”.

Sobre o Rúben Semedo recaem suspeitas de ter praticado delitos de "agressão e sequestro (retenção de pessoa contra a sua vontade)".

Quanto ao Villareal comunicou que após tomar conhecimento dos fatos “abriu um processo ao jogador para investigar os factos", informa numa nota publicada no site do clube.


Comentar:

0 comments: