Um incêndio ocorrido hoje de manhã no rés-do-chão de um edifício de três pisos, em Achada Santo António, Cidade da Praia, provocou dois feridos por inalação de fumo e deixou uma família sem seus haveres.

Em declarações à Inforpress, os vizinhos disseram que os moradores precisaram deixar o prédio com a ajuda dos bombeiros e da polícia que acorreram ao local devido ao fumo que atingiu as escadas e as moradias.

Segundo David Vieira, ex-bombeiro em Portugal, e que conseguiu chegar ao local antes dos bombeiros, os moradores conseguiram evacuar o edifício depois de uma acção rápida.

O fogo, que atingiu apenas o rés-de-chão do prédio, deixou danos materiais a moradora que perdeu todos os seus bens.


Ao hospital foram levadas, pela Polícia Nacional, duas crianças por inalação do fumo, pois, os bombeiros quando chegaram ao local, segundo populares, não tinham máscaras, nem luvas para dar combate ao fogo.

Os moradores criticaram também, o facto de, ainda, o corpo de bombeiros da Praia, ao deslocar-se a um pedido de socorro por incêndio não levar consigo uma ambulância para prestar assistência às pessoas que necessitam ser transladadas para o hospital.

O fogo, segundo Vera, uma das moradoras do prédio, começou na garagem da vizinha, sítio onde supõe haver vários materiais inflamáveis.

Entretanto, o corpo de bombeiros, convidado a esclarecer algumas informações sobre o incêndio não quis falar sobre o assunto.

Por: Inforpress

Comentar:

0 comments: