O treinador Djimy Barros abandonou o comando técnico da equipa de futebol da Associação da Académica da Praia, líder do regional de futebol de Santiago Sul, ao cabo da 14ª jornada, alegando desentendimento com o presidente do clube.

O técnico de futebol justifica divergências com o presidente da direcção da “Micá”, Alcides Tavares, “Kiki”, argumentando que não se revê na forma de actuar deste dirigente.

Líder da prova, a Académica, sob orientação técnica de Djimy, fez 14 jogos no campeonato que redundaram em 11 vitórias, dois empates (consecutivos nas duas últimas jornadas) e uma derrota.

Djimy deixa o cargo na Académica, uma semana após a saída de Lito Aguiar à frente da equipa técnica do Sporting da Praia, tendo sido substituido por Alex Lopes, e três semanas após Dino ter substituído Tazinho à frente dos Travadores.



Com o técnico Djimy Barros cai toda a sua estrutura técnica composta pelos adjuntos Chalana, Tubú e Penha.

A direcção da Académica pretende contactar o técnico Lito Aguiar, que recentemente deixou o Sporting da Praia, para ocupar a vaga deixada por Djimy Barros.

Por: Inforpress

Comentar:

0 comments: