Mãe da menor conta que a criança foi chamada pelo vizinho, com a desculpa que precisava de alguém para mandar compra pão.



Um jovem de 26 anos está a ser acusado de tentativa de violação a uma menina de nove anos, no bairro de Eugénio Lima, na cidade da Praia. O caso, que aconteceu no mês passado, já está na alçada do Ministério Público e familiares pedem por justiça.

Em anonimato, por questões de preservação da identidade da vítima, a mãe da menor conta que a criança foi chamada pelo vizinho, com a desculpa que precisava de alguém para mandar compra pão. “Ela chegou e ele pediu-lhe para entrar, mas a minha filha não queria. Foi então que ele apanhou uma faca e a ameaçou”, conta a progenitora, ainda abalada com o que aconteceu com a filha.


Munido da arma branca, conta esta mãe, o jovem, que agora já se mudou para o interior da ilha de Santiago, trancou a menor em sua casa e “tentou fazer” com a menina. “A filha contou tudo para uma prima da idade dela. Esta, por sua vez, foi contar à mãe que, de imediato, levou-a para o Hospital Agostinho Neto”, acrescenta este progenitora que estava, no  momento, no trabalho, tendo sido chamada depois.

Segundo disse a nossa fonte, no hospital uma ginecologista informou que a menor “tinha sofrido uma tentativa de violação, mas que, felizmente, não teve arrancada a sua virgindade”. “Fomos ainda encaminhados para a Polícia Judiciária, de onde minha filha foi submetida a uma análise por um médico legista que, por sua vez, confirmou o que nos havia sido dito no hospital da Praia”, acrescenta.

A nossa interlocutora avança ainda que o caso já está na mão do Ministério Público e que, inclusive, a menor já foi ouvida por um Procurador da República. Esta mãe diz ainda que, apesar do susto, a filha encontra-se “bem”, embora um pouco perturbada. “Às vezes grita no sono, acredito que ela irá se recuperar bem. Teve até acompanhamento psicológico”, finaliza.

Fonte: A Nação 

Comentar:

0 comments: