Os quatro arguidos do processo conhecido por “Operação Zorro”, dos quais três brasileiros e um francês, conhecem hoje a sentença do caso em que estão acusados de tráfico de droga de alto risco e de associação criminosa.

O juiz titular do processo, no 1º juízo criminal do Tribunal da Comarca de São Vicente, deve proceder à leitura da sentença às 08:30 num processo com quatro arguidos presos há sete meses e cujo julgamento durou quatro dias, envolvendo uma visita ao veleiro RichHarvest, no Porto Grande, que transportou os 1.157 quilogramas de cocaína.

Nas alegações finais do passado dia 15, o Ministério Público pediu a condenação dos quatro cidadãos estrangeiros pelos crimes em que se encontram indiciados, ao passo que a defesa solicitou a absolvição dos mesmos “por falta de provas”.



O Ministério Público acusa os quatro tripulantes do veleiro RichHarvest, Daniel Guerra, 36 anos, Daniel Dantas, 43 anos, e Rodrigo Dantas, 25 anos, de nacionalidade brasileira, e Olivier Thomas, francês, 49 anos, todos em prisão preventiva, há sete meses, de tráfico de droga de alto risco agravado e de associação criminosa, após a apreensão, no mês de Agosto do ano passado, na marina do Mindelo, de 1.157 quilogramas de cocaína, escondidos na embarcação.

Pelo menos três dos quatro tripulantes terão sido contratados, por uma agência de recrutamento de tripulação, denominada “The Yacht Delivery Company”, com sede na Holanda, para transportarem um veleiro de 72 pés, de bandeira inglesa, na rota Natal (Brasil) – Madeira (Portugal).

Daniel Dantas seria chamado mais tarde para integrar a tripulação e os três, movidos pelo sonho de realizarem a travessia do Atlântico e adquirirem experiência (milhas navegadas), como defenderam durante o julgamento, sustentam que “não tinham conhecimento” da droga que foi encontrada a bordo do iate na marina do Porto Grande do Mindelo, até porque a embarcação tinha sido alvo de uma inspecção por parte da Polícia Federal brasileira, antes de largar do porto de Salvador.

Por: Inforpress

Comentar:

0 comments: