A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) afirma que o ex-Presidente brasileiro Lula da Silva vai permanecer no prédio do Sindicato dos Metalúrgicos, em são Bernardo do Campo, à espera de ser detido pelas autoridades.

"Queria deixar claro que não há, por parte do Presidente Lula nenhum descumprimento da sentença do mandado de prisão exarado pelo juiz Sérgio Moro", afirmou a senadora Gleisi Hoffmann aos jornalistas, comentando o fim do prazo da intimação judicial para se entregar às autoridades.

Eleita pelo Paraná, o mesmo estado onde está Sérgio Moro, o juiz que coordena a maior parte das operações judiciais de investigação ao caso Lava Jato, Gleisi Hoffmann explicou que, para a defesa de Lula da Silva, o mandado de detenção decretado não era impositivo.

Comentar:

0 comments: