Na sequência de um desses crimes, a vítima acabou por ficar grávida.


Um individuo de 22 anos está em prisão preventiva, na ilha do Sal, acusado de quatro crimes de abuso sexual com penetração na sua forma agravada, a uma menor de 13 anos.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), o indivíduo foi detido na manhã desta quinta-feira fora de flagrante delito, devendo responder pela prática de quatro crimes de abuso sexual, na sua forma agravada, a esta menor de 13 anos, ocorridos entre Julho de 2017 e Janeiro de 2018.

Ainda, de acordo com a mesmo comunicado, na sequência de um desses crimes, a vítima acabou por ficar grávida.

Após ter sido presente às autoridades judiciais para primeiro o interrogatório, foi-lhe decretado a medida de coação mais grave, a  prisão preventiva.

Comentar:

0 comments: