Os deputados do Movimento para a Democracia (MpD), eleitos pelo círculo eleitoral do Sal manifestaram-se hoje preocupados com a questão da saúde e segurança na ilha, depois de uma visita de quatro dias ao círculo.

Francisco Correia ou “Doutor”, como é também conhecido no meio salense, deputado nacional avançou hoje em declarações à imprensa – em jeito de balanço da visita que ocorre no âmbito da preparação das jornadas e sessão parlamentar do mês de Junho -, que privilegiaram encontros com instituições e visitas a obras financiadas e co-financiadas pelo Estado.

Quanto às preocupações a nível da saúde, Francisco Correia critica o “longo” tempo de espera para a marcação de uma consulta, associado ao “deficiente” atendimento no hospital do Sal, referindo-se, por outro lado, que tudo indica, entretanto, que a Binter Cabo Verde já está a prestar serviço de evacuações de doentes.



“O atendimento no hospital do Sal tem de melhorar, não satisfaz, de todo, a população do Sal, cuja reivindicação já foi apresentada à ministra da tutela”, disse.

Manifestando, também, preocupação com a situação de insegurança na ilha turística, Francisco Correia acautela que “é um facto real e não uma percepção”.

“Sal é uma ilha pequena, qualquer tipo de coisas alarma a população, principalmente com os últimos acontecimentos. Há que resolver a situação de segurança o quanto antes para não comprometer a ilha e o turismo nacional”, acautelou.

Na visita a instituições, destacou encontros com a Polícia Judiciária, onde, segundo disse, foi aventado a necessidade de instalações próprias de modo a garantir maior segurança, enquanto na Enapor, inteirou-se da conclusão do projecto da segunda fase do Porto da Palmeira, devendo, a terceira fase, contemplar a construção da futura escola da localidade.

“Porque a escola da Palmeira foi deglutida pela Enapor, e onde o ambiente estudo/aprendizagem está comprometido, colocando também em causa a segurança das crianças que frequentam aquele pólo educativo”, realçou.

Já na visita às obras financiadas e co-financiadas pelo Estado, os deputados passaram pelas obras da futura rua pedonal, em Santa Maria, pelas obras na praia António Sousa, na mesma localidade e nas de requalificação dos bairros de Alto São João e Alto Santa Cruz, nos Espargos.

Francisco Correia manifestou-se ainda satisfeito com o andamento das obras do Centro de Saúde de Santa Maria, o funcionamento do hub aéreo do Sal, a instalação de um dessalinizador de alta potência na Palmeira, a construção da rede de Espargos, a conclusão das 14 salas de aula no Liceu Olavo Moniz e a reabilitação da Escola da Ribeira Funda, onde, segundo disse, desde o dia 31 de Maio passou a funcionar a Delegação Escolar, o reforço da iluminação pública, entre outros projectos de requalificação.

“O que mostra que o compromisso do Governo para com a ilha está sendo cumprido. Estamos num ritmo bastante aceitável. Temos que exigir tudo o que é para o Sal já que a ilha tem um grande contributo na economia do país”, concluiu.

Por. Inforpress


Comentar:

0 comments: