Um paciente vítima de acidente de viação, ocorrido domingo, na localidade de Almada (São Filipe), e transferido terça-feira para hospital Agostinho Neto, morreu na tarde do mesmo dia, após uma intervenção cirúrgica.

O acidentado, um individuo do sexo masculino na casa dos 60 anos e o único ocupante de uma motorizada de 50 cilindrada, não apresentava ferimentos externos, mas queixava-se de intensas dores na parte inferior do abdómen, segundo os familiares.

A sua transferência para o hospital da Praia estava agendada para tarde de segunda-feira, mas com o cancelamento do voo devido a situações climatéricas desfavoráveis, o mesmo só conseguiu viajar na terça-feira de manhã e no mesmo dia foi submetido a uma intervenção cirúrgica mas não resistiu e acabou por falecer momentos depois de deixar o bloco, segundo informações de pessoas próximas.

Neste momento, o hospital regional Fogo/Brava “São Francisco de Assis” está sem cirurgião, já que o único especialista e director do hospital encontra-se de férias no exterior, segundo uma fonte desse estabelecimento hospitalar.

O acidente aconteceu no mesmo local onde há duas semanas ocorreu um outro acidente com uma moto de maior cilindrada, tendo a vitima, um jovem na casa dos 20 anos, sido transferido para o hospital da Praia com graves problemas.

Neste local, já ocorrem outros acidentes, inclusive com vítimas mortais nos últimos tempos.

O corpo da vítima do acidente de domingo, 22, conhecido por Herculano de Enapor, deve ser encaminhado hoje para a ilha do Fogo para a realização do funeral.

Por: Inforpress

Comentar:

0 comments: